marca do Jornal A TARDE

 
 
  • Início
  • Artigo
  • 7 dicas para melhorar o desempenho e velocidade de notebooks e desktops
http://maisti.atarde.com.br/wp-content/uploads/2017/08/Slider01-960x600_c.png

7 dicas para melhorar o desempenho e velocidade de notebooks e desktops


 

A DATEN, uma fabricante brasileira de equipamentos de informática, compartilha dicas importantes de como aprimorar o desempenho e velocidade de notebooks e desktops.

1. Desfragmente periodicamente seus discos rígidos.

O que faz o Desfragmentador de discos? Simples, ele reorganiza os dados de modo sequencial, facilitando a leitura dos arquivos armazenados e liberando mais espaço continuo para o Windows armazenar novos arquivos. Mas, para que o Desfragmentador de discos funcione bem, é necessário que pelo menos 10% do disco rígido esteja livre, pois, este espaço será usado para alocar temporariamente os dados enquanto ele reorganiza tudo. Se faltar espaço, convém desinstalar programas e apagar arquivos muito grandes.

2. Atualize os drives periodicamente

Manter drives atualizados garante melhor desempenho para o notebook ou desktop. Em algumas atualizações, novas ferramentas são disponibilizadas, trazendo mais recursos de uso e melhor desempenho.

3. Limpe a máquina com frequência

Fazer a higienização do notebook ou desktop não é somente uma questão estética. O superaquecimento das máquinas pode causar lentidão e até mesmo danos irreversíveis. Então, deixe a área de ventilação do computador sempre desobstruída.

4. Gerencie aplicativos

Entenda, quando o sistema operacional Windows é inicializado, muitos aplicativos e serviços do próprio sistema são iniciados também. Some a isto o antivírus, e outros programas que nós instalamos voluntariamente ou não. Estes processos e aplicativos consomem memória, processamento, e geram a sobrecarga do disco rígido, tornando a inicialização do sistema operacional bem mais lenta. Portanto, quanto mais aplicativos iniciando junto com o sistema, mais lento fica o computador.

5. Elimine vírus

Usar regularmente um antivírus na máquina melhora o desempenho do computador. A exclusão de vírus pode prevenir ataques de cyber criminosos já que a máquina estará protegida. Na hora de escolher o antivírus, opte pelos que utilizam menos memória e processamento.

6. Limpe o registro do Windows

Diferentemente de outros sistemas operacionais, o Windows guarda todas as suas configurações e dos aplicativos em um registro interno. Porém, depois de muito tempo de uso, o registro passa a ter uma série de entradas inválidas, além de estar fragmentado, isto porque, quando você desinstala um aplicativo, nem sempre ele se desinstala por completo, deixando informações no registro que não deveriam estar lá. O que compromete o funcionamento do sistema operacional conforme isto se acumula. No entanto, o registro do Windows é uma área sensível do sistema operacional, pois, uma exclusão equivocada pode comprometer o funcionamento do sistema e torna-lo inutilizável. É por isso que existem programas como Ccleaner, Auslogics Registry cleaner e Auslogics disk defrag que nos ajudam nesta tarefa, além de serem gratuitos.

7. Desinstalar programas

Ao baixar um programa, é possível que alguns outros programas relacionados sejam instalados sem que o usuário tome conhecimento. Se desfazer desses programas, e até mesmo desinstalar os que não serão utilizados, são atitudes fundamentais para não comprometer o desempenho e velocidade do computador.

Fonte: Planin

Victor Mansur

Outras postagens de

Menu