marca do Jornal A TARDE

 
  • Início
  • Artigo
  • Como tirar a ideia do papel e construir a aplicação ideal
http://maisti.atarde.com.br/wp-content/uploads/2018/03/software-960x600_c.jpg

Como tirar a ideia do papel e construir a aplicação ideal


Escrito por: Paulo Maia


É o sonho de nós desenvolvedores construir o software perfeito, com todas as funcionalidades que irão resolver completamente os problemas dos nossos clientes. E é com esta visão que a maioria de nós encaramos o desenvolvimento de um novo produto.

Logo de cara nos deparamos com as incertezas inerentes de qualquer desenvolvimento de software: Como vamos bancar o custo e o tempo necessário para desenvolver este novo produto? Será que o meu cliente vai precisar realmente de todas as funcionalidades que meu software terá? Existe realmente mercado para a minha aplicação? Como podemos minimizar o desperdício de tempo e dinheiro em produtos ou funções que meu cliente não precisa ou realmente não quer?

A forma mais inteligente que responder todas essas perguntas é construir um MVP (Minimum Viable Product), ou seja, uma versão do produto somente com as funções extremamente essenciais para o funcionamento inicial e disponibilizar esta versão para um grupo seleto de clientes (early adopters).

Remover funcionalidades!? Somente o essencial!? Mas o diferencial da minha aplicação são justamente as funcionalidades que os outros não oferecem!!

Eu sei! Parece absurdo! É muito difícil para o desenvolvedor pensar em cortar funções, diminuir o escopo do projeto, ter o sentimento de que o software está incompleto, aquilo ali é como um filho para ele. Mas temos que lembrar sempre que o objetivo do MVP é testar o mercado, a aceitação do seu produto e principalmente aprender.

De nada adianta construir um MVP se não usarmos ele para aprender mais sobre o cliente, o que ele gostou e não gostou, quais funções tornaria o dia-a-dia dele mais simples, como ele enxerga o futuro do seu produto, afinal de contas, o feedback do seu cliente, seja ele positivo ou negativo, alinhado com a sua visão do negócio é a chave que determinará o caminho a ser trilhado para a tão sonhada “versão final de sucesso” da sua aplicação sem jogar tempo e dinheiro no lixo, sem funcionalidades desnecessárias ou até mesmo desenvolver aplicações inteiras que o mercado simplesmente não precisa.

Agora que você construiu o seu MVP, mediu e aprendeu sobre o público alvo do seu sistema, basta buscar recursos através de aceleradoras de empresas, investidores anjos ou mesmo fundos de investimentos do governo para a realização do seu projeto tão desejado. Afinal você já tem a prova de que a sua aplicação funciona, e que existe mercado para ela.

Victor Mansur

Outras postagens de

Menu